MARKA DA PAZ

MARKA DA PAZ
A EMPRESA QUE MAIS CRESCE NO BRASIL. CADASTRE-SE JÁ E TENHA UMA LUCRATIVIDADE DE 100%

Blog totalmente gospel de Presidente Médici-MA

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Jornalista classifica Josimar de Maranhãozinho como “espécie de José Gerardo repaginado”

deputado federal eleito Josimar de Maranhãozinho, presidente estadual do PR,
Deputado federal eleito Josimar de Maranhãozinho, presidente estadual do PR.
Em um post recheado de críticas ao deputado federal eleito Josimar de Maranhãozinho, presidente estadual do PR, o jornalista Jorge Vieira, classificou o parlamentar como uma espécie de José Gerardo repaginado, que surgiu na política com um cometa.
A publicação intitulada “Deputado eleito com votos arranjados por Maranhãozinho terá que entregar cargos do gabinete”, o jornalista revela que Hélio Soares, deputado estadual, não poderá usufruir dos cargos que teria direito a indicar para seu gabinete, porque Josimar teria reivindicado todos. 
– Confira abaixo a íntegra do post:
O obscuro deputado Josimar de Maranhãozinho, o mais novo político milionário que iniciou a vida vendendo cadeira de macarrão, bancou candidaturas durante a campanha eleitoral para deputado estadual exigindo em contrapartida todos os cargos do gabinete do “aliado” que conseguiu se eleger.
Comentam nos bastidores da política que durante a campanha, o referido parlamentar, que foi eleito deputado federal pelo PR, prometeu eleger a esposa Detinha, o deputado Sérgio Frota e o ex-deputado Hélio Soares. Chamou Frota e perguntou se o mesmo queria 10 mil votos ou R$ 1,2 milhão, Frota, que estava inelegível, teria preferido o dinheiro, mas não conseguiu se reeleger.
Com Hélio Soares o negócio funcionou direitinho. Soares se elegeu deputado estadual, mas, segundo comentam nos corredores da Assembleia Legislativa do Maranhão, não poderá usufruir dos cargos que teria direito a indicar para seu gabinete. Todos serão indicados por Josimar de Maranhãozinho, o financiador de sua campanha.
Conforme chegou ao conhecimento do blog, Hélio terá direito apenas ao salário e a ajuda de gabinete

Policiais são presos suspeitos de matar o prefeito de Davinópolis

Operação da Polícia Civil cumpre mandados de prisão nesta terça e policiais foram alvos da ação suspeitos de terem participado do crime contra Ivanildo Paiva.

Por G1 Maranhão 

A Polícia Civil do Maranhão prendeu, na manhã desta terça-feira (11), quatro suspeitos de matar de Ivanildo Paiva (PRB), que era prefeito de Davinópolis, no dia 11 de novembro, na zona rural do município. A cidade onde aconteceu o crime fica distante 663 km de São Luís.

A operação cumpre mandados de busca e apreensão e prisão nas cidades de Barra do Corda, Grajaú e Imperatriz, no Maranhão, e Dom Elizeu, no Pará. Entre os presos, até o momento, estão dois policiais.

Os presos são Francisco de Assis Bezerra Soares, conhecido como "Tita", que é policial militar no Pará e foi preso em Dom Elizeu; José Denilton Guimarães, conhecido como "Boca Rica", que é

BRASIL. Previsões: furdunço geral

Acho que eu ainda não tinha exatamente contado pra vocês que disponho de sentidos extras, quase mediúnicos, e posso antever alguns fatos e acontecimentos. Na verdade, acho que todos nós temos esse dom. Você também já está aí percebendo o furdunço, os forrobodós se armando. Nada como um fim de ano como esse de 2018 para previsões: os fatos nem esperam chegar no futuro, já estão até rolando, apressados.
Bem que falamos. Espero que tenham registrado que, independente de posição política, que não sou de lá nem de cá, já tinha previsto que a coisa toda ia ser bem produtiva de fatos, fitas, frases lapidares, revelações, pensamentos aterradores, brigas de caçarolas. Tanto que logo comecei meu programinha #ADEHOJE#ADODIA. Zástrás. Um minutinho só. Com um diferencial: o humor, que é preciso para assistir ao espetáculo alucinado que nos entregam. Como um velho amigo entendedor da política me disse, ao elogiar, humor, uma boa e atraente forma de análise crítica.
E como ultimamente até se você estiver falando de uma receita de bolo o povo acha que está falando mal do próximo presidente e ataca ferozmente, já adianto que as previsões atingem bastante não só a ele, essa equipe indicada, os filhos, mas também outros ex-presidentes,

Em nome do pai: Para o Senado, Flávio Bolsonaro; para a Câmara, Eduardo Bolsonaro.

Para boa parte do PSL, partido do presidente eleito Jair Bolsonaro, os candidatos à sua liderança na Câmara e no Senado já têm nome – e sobrenome. Para o Senado, Flávio Bolsonaro; para a Câmara, Eduardo Bolsonaro. E, se mais cargos houvera, mais Bolsonaros indicara. Mas há outra ala no partido, talvez menos numerosa, mas mais aguerrida e cheia de ambição: a de Joice Hasselmann, que teve mais de um milhão de votos para a Câmara sem ter o sobrenome Bolsonaro. O que não quer, para ela, dizer muita coisa: segundo afirma, ela é a cara política de Jair Bolsonaro, sua gêmea ideológica, sua família de alma, mesmo sem ser da família.
Joice foi direto ao alvo: disse que Eduardo Bolsonaro falha como líder do partido e que sua articulação política está abaixo da linha da miséria. E Eduardo Bolsonaro se comportou como alvo: disse que não pode nem deve ficar falando o que faz por ordem do presidente. Mas já falou que age por ordem do presidente. Tirou de Bolsonaro a melhor arma: a de poder dizer que o filho agiu por conta própria, não em nome dele. Agora já se sabe: de acordo com Eduardo, para o bem ou para o mal, ele age em nome do pai. E Joice Hasselmann, excelente polemista, saberá usar

IBGE estima queda de 5,5% na safra de grãos deste ano; a de 2019 deve crescer 1,7%

A safra de cereais, leguminosas e oleaginosas do País deve fechar 2018 com queda de 5,5%, na comparação com as 240,6 milhões de toneladas do ano passado – número recorde. De acordo com previsão do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), feita em novembro, a produção deste ano deverá ficar em 227,3 milhões de toneladas.
A estimativa do IBGE é 0,1% superior à de outubro. A queda da produção de 2017 para 2018 deverá ser puxada principalmente pelo milho (-17,8%), arroz (-5,6%), feijão (-9,8%) e sorgo (-5,4%). A soja, com uma alta de 2,6%, deve evitar uma queda mais acentuada, assim como o algodão herbáceo (28,6%) e o trigo (34%).
Outros produtos
Além dos grãos, o instituto também analisa produtos importantes para a agricultura brasileira, como cana-de-açúcar, café e laranja. A maior lavoura brasileira, a cana-de-açúcar, deve fechar o ano com 675 milhões de toneladas, uma queda de 1,8%.
Também deverão ter recuo a laranja (-8,3%), mandioca (-3,5%), banana (-5,2%), batata-inglesa

Moro implode discurso moralizador ao afirmar que Bolsonaro já esclareceu caso do ex-assessor do filho

Indicado para comandar o Ministério da Justiça e da Segurança Pública no governo de Jair Bolsonaro, que estreia oficialmente em 1º de janeiro, o ex-juiz Sérgio Moro adotou um discurso típico de xerife de faroeste antes de assumir o posto. O que preocupa sobremaneira, pois seu palavrório indica que o Brasil pode viver um período sob o manto de um Estado policialesco.
Teorias à parte, Moro viu seu ambicioso projeto sofrer rachaduras ao ter de defender o futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, réu confesso em caso de caixa 2, e mais recentemente Jair Bolsonaro, cuja esposa foi destinatária de um cheque no valor de R$ 24 mil, depositado pelo ex-assessor de um dos filhos do presidente eleito, no escopo de um escândalo que ainda carece explicações.
Relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) apontou movimentação atípica, no valor de R$ 1,2 milhão, entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017, em uma conta

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Saiba o que fazer se caiu na malha fina do Imposto de Renda

O último lote da restituição do Imposto de Renda de 2018 foi aberto nesta segunda. Caso o contribuinte não esteja na lista, significa que ele está na malha fina. É preciso corrigir as pendências com a Receita Federal porque as restituições só são pagas somente após a questão ter sido resolvida.
Segundo Richard Domingos, diretor-executivo da Confirp Contabilidade, estar na malha fina não restringe o CPF do contribuinte. O procedimento é uma checagem mais detalhada de dados divergentes ou mesmo de mudança de comportamento em rendimentos ou despesas.
“Não é preciso de desesperar, mas é aconselhável que a pessoa junte toda a documentação que sustentou a declaração para poder identificar o problema e corrigir”, afirmou.
Ao todo, 682 mil pessoas estão na malha fina. O número equivale a 31,4

Justificativa de Bolsonaro para deixar o senador Magno Malta fora do governo é fraca e não convence

A desculpa de Jair Bolsonaro para deixar o senador Magno Malta (PR-ES) de fora do próximo governo é fraca e não convence. O presidente eleito, por meio de assessores, alegou que o perfil de Malta não se alinha à equipe que tomará posse no próximo dia 1º de janeiro.
Contudo, nos bastidores, o staff de Bolsonaro afirma que a decisão de alijar o senador capixaba se deu após o presidente eleito receber informações de que Malta fez viagens para aproximar o

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Caminhoneiros começam a marcar nova greve em grupos de WhatsApp

Caminhoneiros autônomos começam a organizar dentro de grupos de WhatsApp uma nova paralisação da categoria contra o descumprimento do piso mínimo do frete. A greve aconteceria em 22 de janeiro, dois dias depois da reunião que deve ocorrer na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para discutir o reajuste da tabela de frete.
Para encerrar a greve dos caminhoneiros de maio, o governo Michel Temer aceitou uma série de exigências, como a criação da tabela com preços mínimos do frete e redução do preço do diesel. O problema, segundo lideranças da categoria, é que a maioria das empresas descumpre a tabela e não sofre nenhuma punição, pois falta fiscalização da ANTT. “Pouquíssimas empresas pagam o piso mínimo, talvez uns 2%. O restante continua igual, paga o que quer”, afirma Ivar Luiz Schmidt, porta-voz do Comando Nacional do Transporte.
Agora, os caminhoneiros querem que a ANTT condicione a emissão do código identificador

Seja você também seguidor do blog mais acessado de Presidente Médici-MA.