MARKA DA PAZ

MARKA DA PAZ
A EMPRESA QUE MAIS CRESCE NO BRASIL. CADASTRE-SE JÁ E TENHA UMA LUCRATIVIDADE DE 100%

Blog totalmente gospel de Presidente Médici-MA

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Notas da Semana

Chapa sarneisista (I)
A chapa que o grupo Sarney disputará as eleições em 2018 começa a ser formatada.
Para o senado, os nomes praticamente definidos são o do suplente de senador Edinho Lobão e do deputado federal e atual ministro Sarney Filho.
Para a Câmara Federal, concorrerão o ex-ministro Gastão Vieira (por orientação do seu partido, o PROS) e Edson Lobão (investigado na Lava Jato). Já João Alberto tem seu futuro político ainda incerto.

Chapa sarneisista (II)
Quanto à ex-governadora Roseana Sarney, o mais provável é que ela dispute uma vaga de deputada estadual e, por tabela, eleja um grande número de deputados do seu grupo.
Já o ex-senador José Sarney, caso tenha saúde, estuda concorrer novamente ao Senado pelo Amapá.
O que ainda não está definido no grupo Sarney é o candidato ao governo, por conta do favoritismo de Flávio Dino em ser reeleito. De acordo com a coluna-blog O
INFORMANTE, além de Roberto Rocha, até o nome Zé Reinaldo, aliado de primeira hora de Dino, já entrou nas considerações e até em conversas do clã Sarney.
Dificuldades para Roseana e Sarney (I)
Principal nome do clã, Roseana Sarney dificilmente concorrerá ao governo do estado, tendo em vista que suas gestões foram marcadas por caos administrativos, mortes e rebeliões. Roseana trabalha, no momento, um mandato (mais provável de deputado) que lhe garanta foro privilegiado, uma vez que enfrenta problemas com a justiça. Há uma ação ingressada pelo MP do Maranhão de improbidade por um suposto rombo de R$ 1 bilhão nos cofres estaduais no esquema de fraudes em isenções fiscais quando Roseana era governadora.
Dificuldades para Roseana e Sarney (II)

O ex-senador José Sarney (PMDB-AP) também terá dificuldades em enfrentar outra eleição a um cargo majoritário, tendo em vista as suspeitas de corrupção que enlameiam sua carreira política. Além de possivelmente ter seu nome citado Sarney nas delações da Odebrecht que listam pagamento de propina, nesta semana o ministro Edson Fachin, novo relator da Operação Lava Jato no STF, determinou abertura de inquérito para investigar Sarney.
Na segunda-feira (6), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, havia pedido a abertura de inquérito ao ministro do STF.
Ao pedir autorização do STF para a instauração de inquérito destinado a apurar o crime de embaraço à Operação Lava Jato, Janot se refere ao grupo formado por Sarney como ‘quadrilha’ e ‘organização criminosa’. Em delação premiada o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado revelou que Sarney recebeu propina de contratos da Transpetro durante nove anos, no valor total de R$ 18,5 milhões.
Sarney Filho x Padilha
Pressionado pela bancada parlamentar do Amazonas, o Ministro da Casa Civil, Alexandre Padilha, elaborou um projeto de lei alterando os limites de um conjunto de Unidade de Conservação no estado. As Unidades foram criadas nos últimos dias do Governo Dilma Rousseff. Apesar do compromisso de Padilha (homem forte do governo Temer) com a bancada amazonense, o Ministro do Meio Ambiente Sarney Filho disse ontem em Manaus que a medida é “muito ruim”.
Sarney Filho x Flexa
O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) criticou a medida provisória que ampliou a área de proteção ambiental do Jamanxim, no estado do Pará (MP 756/2016), afirmando que ela vai trazer dificuldades para a economia estadual. A Medida Provisória é assinada pelo Ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, e foi enviado ao Congresso no final do ano passado. O senador explicou que moradores de diversas cidades do Pará serão prejudicados pela Medida Provisória de Sarney Filho, uma vez que a proposta diminui o tamanho das regiões onde pode haver qualquer tipo de atividade produtiva.
Insanidade
“A insanidade política de alguns membros da oposição oligárquica faz descarada pregação do caos e da agressão à sociedade pela bandidagem”. Márcio Jerry, secretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos do Maranhão.

Fonte: John Cutrim

Nenhum comentário:

Seja você também seguidor do blog mais acessado de Presidente Médici-MA.